terça-feira, 5 de julho de 2011

De surpresa, Bahia anuncia e apresenta volante Fabinho


Jornalistas a postos na sala de imprensa, aguardando a coletiva do Bahia, no Fazendão. Eis que surge o assessor de imprensa do clube com a boa nova: o Tricolor contratou o volante Fabinho, que estava no Yokohama, no Japão. E não era só isso: o jogador de 31 anos já estava no CT e seria apresentado em seguida.              - O Bahia fez o que todo grande time deve fazer. Manteve a negociação em segredo até que eles souberam do meu retorno, mas já estávamos conversando havia umas duas semanas. O convite foi feito e eu estou muito feliz por estar aqui – contou Fabinho.
              Depois de elogiar a organização e estrutura do clube, o volante revelou como surgiu o convite para integrar o elenco tricolor. Segundo ele, outros clubes nem tiveram chance de tentar tirá-lo do caminho do Fazendão.
             - Fui chamado através de um grande amigo, o Paulo Angioni, que está à frente do Bahia, trouxe a organização de volta, com uma grande parceria. É amigo meu, que trabalhou comigo no Corinthians. Quando ele soube do meu retorno, já tomou a frente. Tanto que a gente não chegou a conversar com nenhum outro clube.
                No Japão, Fabinho estava há duas semanas sem disputar uma partida oficial. Por isso, o volante ressaltou que ainda precisará de um pouco de tempo para entrar em forma e ser relacionado pelo técnico René Simões.
              - Tem alguns cuidados que precisamos tomar, até porque eu estava em outra cultura, que não tem o rigor que o futebol brasileiro tem. Acho que, com um trabalho bem feito, e pela vontade e disposição que eu tenho, em uma semana já dá para ficar à disposição.
               Fabinho foi revelado pelo São Caetano, em 1999, quando o time foi vice-campeão da Copa João Havelange. Em 2001, o volante foi transferido para o Corinthians e, em seguida, teve sua primeira passagem pelo futebol japonês. Em 2006, o jogador teve um breve retorno ao Brasil, quando defendeu o Santos para, depois, ir para o Toulouse, clube francês. Em 2008, Fabinho voltou a jogar pelo Corinthians para, no ano seguinte, integrar o elenco do Cruzeiro. No início de 2011, o volante foi transferido para o Yokohama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário