sexta-feira, 17 de junho de 2011

Conselho Municipal de Saúde elegeu e empossou a nova diretoria


Durante assembleia realizada na noite de terça-feira (14), no auditório da Fundação Nacional de Saúde, o Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus elegeu e empossou nova diretoria para o biênio 2011-2013. O técnico de enfermagem Yolando de Souza, representante da 6ª Dires, é o novo presidente do colegiado, tendo como vice Ivo Evangelista dos Santos, do Centro de Ação Comunitária, como secretário, Antonio Eduardo Neves da Silva, da Associação dos Agentes de Saúde de Ilhéus (AASI), e tesoureiro, Joaques Santos Silva, da União dos Negros Pela Igualdade de Ilhéus.
A eleição ocorreu em clima de tranqüilidade, conduzida pela representante da Secretaria de Saúde, Simone Soares, e pela presidente da APPI (Associação Profissional dos Professores de Ilhéus), Enilda Mendonça. A chapa adversária foi composta pelos representantes da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Ilhéus, Eurípides Oliveira Neto (presidente), do SINDLAB (Sindicato dos Laboratórios Clínicos e Patológicos da Bahia - Delegacia Sul Bahia), Mario Augusto Santana dos Anjos (vice), da Pastoral da Saúde, Ana Maria Soares dos Santos (secretária), e da Associação Desportiva e Comunitária do Bairro da Esperança, Moises Vasconcelos dos Santos (tesoureiro).
A nova composição do Conselho foi nomeada pelo prefeito do município, Newton Lima, através do Decreto Nº 036/2011. De um modo geral, os conselheiros defenderam a consolidação do SUS (Sistema Único de Saúde) e seu controle social como ferramentas indispensáveis à garantia do exercício da cidadania. A nova diretoria se comprometeu com a implantação de novos conselhos locais de saúde, com a defesa dos direitos dos trabalhadores, o acompanhamento do processo legislativo através da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, e em ampliar a discussão sobre o setor com a sociedade civil organizada.
      Há 30 anos como trabalhador da saúde e militante pelos direitos humanos, Yolando declarou que o momento é de união por considerar “a situação da saúde de Ilhéus extremamente preocupante”.  No entanto, alertou que a problemática da saúde “não começa em Ilhéus e nem termina em Ilhéus”.  Após a posse, os conselheiros iniciaram a discussão sobre a contratualização de serviços complementares da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, entidade filantrópica que administra o Hospital São José e a Maternidade Santa Helena. Nesse sentido, a Secretaria de Saúde se comprometeu em enviar ao Conselho a proposta de contrato para que o colegiado possa apreciar e votar a matéria com a maioor brevidade possível.
Conselho – O atual Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus é composto também por representantes das seguintes entidades: Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, Hospital Geral Luiz Viana Filho, Associação Brasileira de Odontologia (ABO-Bahia), Associação dos Funcionários da Fundação Nacional de Saúde Ilhéus – AFNSI, Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia, Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de Ilhéus - SINSEPI, Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Ilhéus (SINDTAXI), Federação das Associações de Moradores de Ilhéus–FAMI, Associação dos Deficientes Físicos de Ilhéus-ADEFI, Associação dos Anêmicos Falciformes de Ilhéus – AAFI, e  Associação dos Diabéticos de Ilhéus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário