sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Informações delimitam bairros locais


O município de Ilhéus teve os seus 27 bairros delimitados e definidos através da Lei número 3.476, de 30.12.09, o que possibilita ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informar os dados populacionais por bairros relativos ao último censo realizado m 2010, uma vez que até agora informações eram apenas por distritos. Para os interessados, o chefe de Gabinete da Prefeitura, José Nazal Pacheco, informa que já se encontra veiculado no site da prefeitura – www.ilheus.ba.gov.br – cópia da lei na íntegra e imagens de todos os bairros da cidade, com a discrição do perímetro. 
A própria lei exige que no prazo de 2 anos as poligonais sejam geo-referenciadas. Para isso, por orientação do prefeito Newton Lima, o município contratou a empresa Base Aerofotogrametria que irá realizar todo o levantamento, com prazo de 120 dias para entrega do serviço.  Com isso, além do resultado, o município contará com o mapa cadastral atualizado e ortorretificado (correção geométrica de alta precisão) na escala de 1:1.000, o que facilita a elaboração do planejamento urbano da cidade, além da atualização da base cadastral. O último trabalho desse porte foi realizado foi realizado 1997, através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).
Até a aprovação da lei número 3.476, apenas o alto da Conquista tinha o seu perímetro legal definido pela Câmara de Vereadores. Com o objetivo de organizar os dados e proceder a atualização, foi protocolado junto aos Correios o levantamento das leis municipais que denominam logradouros públicos, abrangendo o período de 1960 a 2010, para que seja procedida a atualização do cadastro e colocação dos CEPs nos logradouros que ainda não são atendidos. Após a conclusão dos trabalhos pelos Correios o resultado final será encaminhado às concessionárias de serviços de energia elétrica, água e telecomunicação, além dos estabelecimentos bancários.
Algumas correções serão feitas, a exemplo da praça Barão do Rio Branco, na Cidade Nova, que desde 1980 passou a denominar praça Antonio Vianna; o eixo principal do Hernani Sá, que tem a denominação legal de avenida Silvio Silva; o acesso à BA-001 (Ceplus) tem a denominação de avenida Oduvaldo Bacelar; a rua dos Cometas, que agora tem a denominação de rua Jornalista Paulo Pinheiro; a rua Clemente Mariani,  hoje denominada rua Radialista Evaldo Tabajara, entre inúmeras outras atualizações.
           Para que toda a população tenha conhecimento das mudanças ocorridas com as delimitações dos bairros e a atualização dos nomes dos logradouros, o prefeito Newton Lima já decidiu que assim que todo o trabalho for concluído seja confeccionado um folder para distribuição da população, pois é importante que todos conheçam as mudanças e se adaptem a elas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário