segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Ilhéus está no pacto “Todos pela Escola”


O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, participou na última quinta-feira (28), em Itabuna, da assinatura do convênio firmado entre o Governo do Estado e diversos municípios do Sul da Bahia, para a execução do programa Todos pela Escola, dentro do Pacto com os municípios. De acordo com os termos do convênio, o Governo do Estado da Bahia participa com a capacitação dos coordenadores municipais e professores, além de fornecer o material didático. Em contrapartida, a Prefeitura de Ilhéus assegura o funcionamento do programa no município, oferecendo as salas de aula onde serão realizado o Todos pela Escola.
           Segundo o prefeito de Ilhéus, Newton Lima, o programa tem a finalidade de corrigir algumas deficiências e complementar os ensinamentos dados em sala de aula, no sentido de formar novos cidadãos e os profissionais do futuro. “Ilhéus é uma das cidades mais promissoras da Bahia, haja vista o volume de investimentos realizados na implantação de novas oportunidades e temos que preparar esses jovens para ocupar o seu espaço no mercado de trabalho que está surgindo”, ressaltou.
           Também presente à assinatura do Todos pela Escola, a secretária da Educação de Ilhéus, Lidiney Campos, lembrou que o município tem se empenhado – com ações efetivas – para melhorar a qualidade do ensino na rede escolar. “A nossa prática pedagógica estará diretamente voltada para a formação dos professores alfabetizadores, pois o programa propõe uma efetiva intervenção pedagógica nas escolas, no sentido de corrigir dificuldades dos alunos e, assim, garantir o sucesso no seu percurso educativo, acompanhando, organizando estratégias e retomando ações necessárias para um aprendizado efetivo dos nossos alunos”, disse.
            Lidiney Campos informa que essa parceria entre os entes federados, em regime de colaboração, vem garantir aos estudantes o direito de aprender. Em Ilhéus, o programa Todos pela Escola está sob a Coordenação professora Fabiana Bezerra Santos, que já esteve em Salvador, participando de uma capacitação. Em Ilhéus, o programa vai beneficiar 2.199 alunos, sendo 1.622 na sede do município e 572 nos distritos e zona rural, divididos em 109 turmas – 79 no centro e 30 nos distritos e zona rural.
Resultados esperados - Segundo o governador Jaques Wagner, em toda a Bahia serão contempladas 7.244 escolas das redes municipais de ensino, com 10.651 professores alfabetizadores e 277 docentes formadores, beneficiando 191.718 estudantes. De acordo com o secretário da Educação, Osvaldo Barreto, “É um trabalho sem custo para o município. Material didático e capacitação são gratuitos, o Estado garante. Então, estamos apostando neste projeto para que em 2014 não haja nenhuma criança analfabeta nas nossas escolas”, afirmou o secretário.
           As metas do Pacto para 2011-2014 são a elevação dos índices de aprovação para, no mínimo, 90% nas séries iniciais, 85% nas séries finais do ensino fundamental e 80% no ensino médio. Esses são inclusive um dos dez compromissos do Pacto, que visa também assegurar que todas as escolas das redes municipais e estadual alcancem, no mínimo, as projeções estabelecidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário